Projeto que abrange uma metodologia própria, crianças de 06 até 17 anos de idade, com a iniciativa de separar as turmas em níveis de aprendizagem e não por idade como é no ensino tradicional. Logo, temos os níveis: básico, intermediário e avançado.

NÍVEL BÁSICO: Crianças que não sabem ler e escrever estão começando a fazer o conhecimento das letras e com isso tem atividades especificas para melhor se desenvolverem nesse nível.

NÍVEL INTERMEDIÁRIO: Crianças que sabem ler e escrever, mas sentem dificuldade de colocar no papel o que estão pensando. Também recebem atividades especificas para suprirem suas dificuldades e para que eles cheguem até o nível avançado.

NÍVEL AVANÇADO: Crianças que sabem ler e escrever recebem atividades de interpretação de texto, como também produção textual para melhor se expressarem. Este nível os alunos já se desenvolvem bem nessas etapas e nosso objetivo é de sempre elevar esse conhecimento.

A metodologia consiste em aulas de reforço escolar diário com atividades desenvolvidas em sala de aula, como também na quadra esportiva. Juntamos dois métodos de ensino (tradicional e Montessori) para desenvolver a nossa metodologia, pois acreditamos que uma educação baseada no trabalho sensorial, cognitivo, motor com uso de materiais concretos como jogos de montar, jogos de dama ou xadrez, materiais que as crianças possam manipular no Instituto, valorizando suas descobertas influenciam muito no desenvolvimento da criança como descrito a seguir de acordo com as idades:

  • Crianças de 06 a 12 anos: trabalhos com mãos, pois é com a imaginação que a criança investiga e compreende os mundos distantes e inatingíveis. Lendo, ouvindo, estudando, imaginando, as crianças conquistam a independência intelectual. Dando elementos para a compreensão, e depois permitir a reflexão livre – perguntas, histórias, diálogo e tempo. A socialização fica cada vez mais importante na vida das crianças, até chegarem à adolescência.
  • Crianças de 13 a 17 anos: trabalhos com o pensar. Com ênfase na autonomia, liberdade com limites e respeito pelo desenvolvimento natural das habilidades físicas, sociais e psicológicas.